O que é:


Quando o usuário indica que o valor cobrado no TEF é diferente no valor da conta do paciente. 


O que verificar/fazer:

  • Verificar valor que consta no financeiro em Transações TEF.
  • Verificar o valor da conta do paciente.
  • Verificar se existe saldo positivo na conta do paciente.
  • Verificar o extrato da paciente. 
  • Verificar tabela de preço utilizada e/ou variação de preço. 
  • Solicitar extrato da pagtodos para verificar o valor cobrado. 
  • Verificar se existem duas formas de pagamento, ou somente uma.
  • Se existir duas, verificar qual a forma de pagamento que foi dado baixa primeiro. No caso, se for dado baixa com duas formas, e utilizar primeiro o TEF, ele irá puxar o valor total da compra. Se utilizar primeiro a outra, forma e não salvar a conta e atualizar a página, para assim baixar a conta novamente com TEF, o sistema também não atualiza a diferença, portanto cobrando o valor cheio.
  • Se existir apenas uma forma de pagamento e o valor cobrado for diferente, é porque ele foi alterado manualmente. 


O que informar:

  • Informar ao cliente que, se for o caso de duas formas de pagamento, ao utilizar primeiro o TEF, ele irá puxar o valor total da compra. Se utilizar primeiro a outra, forma e não salvar a conta e atualizar a página, para assim baixar a conta novamente com TEF, o sistema também não atualiza a diferença, portanto cobrando o valor cheio. 
  • Informar ao cliente que, se for o caso de apenas uma forma de pagamento e o valor cobrado for diferente, é porque ele foi alterado manualmente. 


Importante: A opção de alterar o valor manualmente está desbloqueada, entretanto, o Everton indicou que ela será bloqueada (sem prazo), portanto sempre façam os testes e se conseguem alterar manualmente quando for TEF.